Cancro da haste da roseira
01/06/2015

Ver ampliada
Cancro da haste da roseira



Planta de roseira com morte do ramo a partir do ferimento da poda. A doença é causada pelo fungo Coniothyrium fuckellii, que penetra por ferimentos. A doença ocorre apenas nas hastes, iniciando com manchas púrpuras, evoluindo para necrose, rachaduras na haste e morte da planta. O controle deve ser feito eliminando partes com sintomas e pincelando as partes feridas pela poda com tinta plástica ou pasta bordalesa. Se o tecido necrosado não for eliminado, com parte do tecido sadio, o fungo continua colonizando o ramo e mata a planta. Niterói, Canoas, mar 2014.

Eng. Agr. Valmir Duarte, fitopatologista, valmir@agronomicabr.com.br

++++++++++++++++++++++++++++++++

CONSULTA

Bom dia, Encontrei na internet esse endereço de e-mail e gostaria de saber se o senhor poderia me ajudar com a minha roseira. Segundo a sua publicação no site AgriPorticus fotos e informações de pragas de plantas ela está com cancro na haste. Ela é uma rosa enxertada, e o cancro apareceu em uma das três hastes que a compõem. Pensei em tentar cortar a haste ruim e pincelar com a tinta como o senhor disse, pois as outras duas hastes parecem estar bem, mas começo a pensar que o tronco principal também já está danificado então não sei se adiantaria.  Se não houver solução, será que se eu cortar as hastes boas e replantá-las ela sobreviveria? Em anexo as fotos da roseira.

Muito obrigada pela ajuda!

Anônima

RESPOSTA


Oi Anônima,

Agradeço tua consulta.

Se o caule principal estiver com cancro, mas você puder extirpar a área lesionada até permanecer apenas tecido sadio e não comprometer a sua integridade, faça-o. Isto se chama cirurgia.  Além de tinta plástica, fungicidas à base de cobre, como calda bordalesa, são muito eficientes.

Sim, a possibilidade de enxertar as partes sadias em outro porta-enxerto é viável e o sucesso garantido.

Avise-me se sobrou alguma dúvida.

Eng. Agr. Valmir Duarte


 

Nova busca

Sobreo projeto

O AgriPorticus é um projeto do Agronômica, laboratório de diagnóstico fitossanitário, de iniciativa privada, credenciado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.
Visite o site para maiores informações: www.agronomicabr.com.br